logo.png

© 2015-2020 Mellow Cultural Exchange. All rights reserved. Designed by Leticia Mello | Developed by João Mello

follow mellow

  • YouTube
  • Instagram
  • Facebook


    Balzaca in Canada

    Por Camilla Bezerra


    Na adolescência vi muitas amigas partindo para fazer intercâmbio. Esse era um universo longe da minha realidade, tão longe que eu nem tinha vontade de ir. Mais velha comecei a viajar pelo mundo, conhecer lugares incríveis e com isso a vontade de melhorar o meu inglês cresceu. Aos 30 anos, a oportunidade bateu a minha porta: tirei férias, e parti para fazer um curso de inglês e viver um mês em Vancouver!


    Não tive medos, mas tinha muita expectativa: como vai ser? vou conseguir acompanhar as aulas? e o frio, vou morrer congelada? vou saber andar pela cidade? só vou encontrar adolescentes na escola? E hoje, olhando pra trás vejo que tudo que vivi nessa imersão, superou todas as minhas (melhores) expectativas. 


    As aulas na ILSC foram maravilhosas, com professores deslumbrantes e alunos de todas as idades e partes do mundo: Coréia, Japão, Taiwan, Russia, México etc. Não só melhorei o meu inglês como pude detectar o meu ponto fraco, para dar continuidade nas aulas aqui no Brasil.

    Fiz muitos amigos, e ainda fui surpreendida com uma carta escrita em Português por uma Coreana no meu último dia de aula. Voltei pra casa com o coração explodindo de felicidade e muitos novos amigos!


    Saindo da aula, não tem como fugir do inglês: nas lojas, restaurantes, mercado, até no médico eu tive a ‘oportunidade’ de ir e treinar o meu English rs. A gente vai se virando, falando aqui, ali e quando vê já é local.


    Vivi dias frios, vi muita neve (AMO), mas não morri. Nada que umas camadas internas e um bom casaco não resolvam. Caminhar pela cidade em dias frios é gostoso demais, ver que a cidade não para porque está chovendo ou nevando é mais interessante ainda. 


    Fiz muitos programas legais: Esquiei pela 1ª vez e amei, visitei parques com vistas de tirar o fôlego, andei na ponte suspensa e quase morri do coração (que aventura), fui ver o Canucks dar show no Hóquei – Go Canucks, vi Vancouver de cima no Lookout – ela é ainda mais maravilhosa, patinei no gelo – uma das minhas paixões, joguei boliche com os amigos da escola, andei em cima de um lago congelado, vi monumentos fantásticos. Acabei chegando a Seattle em uma excursão (sozinha!), cidade americana que faz divisa com o Canadá. Uma graça, um ritmo de vida diferente de Vancouver, mas que também tem seu charme. Se você estiver lá, não deixe de visita-la! 


    Andar pra lá e pra cá em Vancouver, além de fácil é muito seguro. Sair do Brasil e se deparar com uma cidade onde tudo funciona é fascinante. Usei todos os meios de transportes, menos o táxi – olha que maravilha! E o melhor de tudo: fiz muita coisa a pé e voltei pra casa mal acostumada 🙁


    Tudo isso não seria possível sem os 2 anjos que encontrei nessa vida: minha amiga Carol, que esta vivendo no Canadá há 6 meses, e que me recebeu maravilhosamente bem. E a Mellow que me indicou a melhor escola de idiomas de Vancouver e me acompanhou nos momentos de dúvidas antes, durante e depois que estive no Canadá. Em um mundo onde todos somos números, encontrar uma empresa que faça um trabalho com amor e que se preocupa com o seu cliente do inicio ao fim, é ter a certeza de que fiz a escolha certa! A Letícia ama o que faz, e faz com que todos se sintam acolhidos e motivados a ir além. Tente sentar com ela por 30 minutos para um café, se você conseguir ficar apenas esse tempo me liga e me ensina a tática rs…Eu não consegui deixar o papo em menos de 1h, é bom demais conversa com alguém que conhece cada canto da cidade e o que indicar para cada cliente. Aos meus anjos, o meu obrigado cheio de beijos, abraços e saudades 😀


    Foram muitos momentos inesquecíveis, aprendizados e principalmente autoconhecimento. Não pense em idade, tempo bom, melhores condições, companhias… O momento ideal é sempre aquele que a coragem nos guia. Vá sem medo, você vai voltar com a bagagem cheia de histórias pra contar, a mente cheia de novas janelas e principalmente a gratidão por ter vivido um mundão de coisas maravilhosas.


    Vem viver o sonho com a Mellow no Canadá!

    #Intercâmbio